domingo, 4 de julho de 2010

Eu achava que existiam chaves para todas as portas saída para todos os caminhos desculpas para todas as farsas espectadores para toda comédia sol todos os domingos abrigo para todas as famílias analgésico para todas as dores ...eu realmente achava que o mundo podia ser da cor que eu desejasse, e que o céu um dia cansaria de ser azul e seria violeta...e que as pessoas cansariam de ser adultas e voltariam a ser crianças, mas aí quando me dei conta de que simplesmente achar e desejar não era suficiente, o tempo já havia passado, e todas as minhas convicções ficaram gurdadas numa caixinha de música numa prateleira qualquer de uma estante qualquer de um tempo que não volta mais.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Lindo Manuzinhaaaaaa s2 s2 s2 s2

    hoje acordei sentindo o mesmo

    ResponderExcluir